Transparência    Ouvidoria    Acesso à Informação    Diário Oficial    Portal do Governo de Brasília  
   
BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
 
 
 
 
 
 
INICIAL    DESTAQUES    TEMÁTICAS    PRIORIDADES    INICIATIVAS    POR ÓRGÃO   MAPA ESTRATÉGICO
DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE
Programa: Trabalho inovador
 
Prioridade: Integração de ações da Agência do Trabalhador para atuar em frentes distintas, online e offline: capacitação para empreendedorismo melhoria da empregabilidade de jovens e adultos (inclusive primeiro emprego), reeducandos e pessoas com deficiência, incluindo cursos para vocações locais e outros
INICIATIVA STATUS ARQUIVOS
CONTATO
Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
  • 874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos
  • 46 construção civil
  • 26 marcenaria com madeiras recicláveis
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.

Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.

Concluído Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de  R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
<ul>
    <li>874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos</li>
</ul><ul>
    <li>46 construção civil</li>
</ul><ul>
       <li>26 marcenaria com madeiras recicláveis</li>
</ul>
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.
<p>
Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.
Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de  R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
<ul>
    <li>874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos</li>
</ul><ul>
    <li>46 construção civil</li>
</ul><ul>
       <li>26 marcenaria com madeiras recicláveis</li>
</ul>
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.
<p>
Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.
Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de  R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
<ul>
    <li>874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos</li>
</ul><ul>
    <li>46 construção civil</li>
</ul><ul>
       <li>26 marcenaria com madeiras recicláveis</li>
</ul>
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.
<p>
Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.
Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de  R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
<ul>
    <li>874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos</li>
</ul><ul>
    <li>46 construção civil</li>
</ul><ul>
       <li>26 marcenaria com madeiras recicláveis</li>
</ul>
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.
<p>
Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.
Ofertadas 2.000 vagas em cursos do Programa Fábrica Social nas áreas: placas fotovoltaicas, marcenaria, produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, construção civil, confecção do vestuário, acessórios e material esportivo. Os alunos recebem um benefício social, compreendendo auxilio transporte, auxilio alimentação e auxilio por incentivo individual. O valor médio da bolsa está em torno de  R$ 423,27, por aluno. Atualmente, 19/11/2018, existem 946 alunos ativos distribuídos nos cursos:
<ul>
    <li>874 confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos</li>
</ul><ul>
    <li>46 construção civil</li>
</ul><ul>
       <li>26 marcenaria com madeiras recicláveis</li>
</ul>
Em março de 2018, foi aberto processo seletivo para ingresso de novos alunos no Programa, totalizando 2.669 inscritos.
<p>
Do início de 2018 até novembro, 269 alunos finalizaram o curso.
SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Ampliadas as vagas gerais ofertadas no âmbito do Programa Fábrica Social, reservando 5% para pessoas com deficiência, com redimensionamento da estrutura de formação, agregando conteúdos relativos a conhecimentos básicos e conhecimentos de gestão/empreendedorismo, além dos conhecimentos específicos, com vistas à inclusão produtiva. Foram ofertadas no total 243 vagas, dentro dessa reserva:
  • Em 2016 - 70 vagas de um total de 1.400 vagas
  • Em 2017 - 73 vagas de um total de 1.450 vagas
  • Em 2018 - 100 vagas de um total de 2.000 vagas
Concluído Ampliadas as vagas gerais ofertadas no âmbito do Programa Fábrica Social, reservando 5% para pessoas com deficiência, com redimensionamento da estrutura de formação, agregando conteúdos relativos a conhecimentos básicos e conhecimentos de gestão/empreendedorismo, além dos conhecimentos específicos, com vistas à inclusão produtiva. Foram ofertadas no total 243 vagas, dentro dessa reserva:
<ul>
    <li>Em 2016 -  70 vagas de um total de 1.400 vagas </li>
</ul><ul>
    <li>Em 2017 - 73 vagas de um total de 1.450 vagas</li>
</ul>
    
</ul><ul>
    <li>Em 2018 - 100 vagas de um total de 2.000 vagas</li>
</ul>


Ampliadas as vagas gerais ofertadas no âmbito do Programa Fábrica Social, reservando 5% para pessoas com deficiência, com redimensionamento da estrutura de formação, agregando conteúdos relativos a conhecimentos básicos e conhecimentos de gestão/empreendedorismo, além dos conhecimentos específicos, com vistas à inclusão produtiva. Foram ofertadas no total 243 vagas, dentro dessa reserva:
<ul>
    <li>Em 2016 -  70 vagas de um total de 1.400 vagas </li>
</ul><ul>
    <li>Em 2017 - 73 vagas de um total de 1.450 vagas</li>
</ul>
    
</ul><ul>
    <li>Em 2018 - 100 vagas de um total de 2.000 vagas</li>
</ul>


SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Ofertados cursos e palestras de recolocação profissional, na modalidade presencial, pelo Programa Qualifica Mais Brasília. Foram certificadas:
  • Em 2016: 758 pessoas
  • Em 2017: 189 pessoas
  • Em 2018: 421 pessoas
Concluído Ofertados cursos e palestras de recolocação profissional, na modalidade presencial, pelo Programa Qualifica Mais Brasília. Foram certificadas:
<ul>
    <li>Em 2016: 758 pessoas </li>
</ul><ul>
    <li>Em 2017: 189 pessoas </li>
</ul><ul>
    <li>Em 2018: 421 pessoas </li>
</ul> SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Mantido o centro vocacional tecnológico do artesanato e da cultura popular, no Museu Vivo da Memória Candanga. Entre 2017 e 2018, foram capacitados 381 alunos nos cursos de tecelagem, cerâmica, papel artesanal, costura, meio ambiente, gravura, audiovisual e madeira. Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO DISTRITO FEDERAL

JULIANA CRISTINA OTONI BORGES

ouvidoria@cultura.df.gov.br
 

 
 
 
SOBRE BRASÍLIA TRANSPARÊNCIA TURISMO
SOBRE O GOVERNO OUVIDORIA CARTA DE SERVIÇOS
CIDADÃO ACESSO À INFORMAÇÃO DÚVIDAS FREQUENTES
NEGÓCIOS COMUNICAR ERROS FALE COM O GOVERNO
SERVIDOR ACESSIBILIDADE  
GOVERNO DE BRASÍLIA

Todos os direitos Reservados ©
Palácio do Buriti, Praça do Buriti Brasília - DF
CEP 70075-900.
     
 
POTAL DE BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
VERSÃO 1.0