Transparência    Ouvidoria    Acesso à Informação    Diário Oficial    Portal do Governo de Brasília  
   
BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
 
 
 
 
 
 
INICIAL    DESTAQUES    TEMÁTICAS    PRIORIDADES    INICIATIVAS    POR ÓRGÃO   MAPA ESTRATÉGICO
Programa: Fortalecimento da atenção de médica e alta complexidade
 
Prioridade: Fortalecimento da vigilância laboratorial com a oferta de diagnósticos para agravos existentes.
INICIATIVA STATUS ARQUIVOS
CONTATO
Promovido o fortalecimento do Laboratório Central de Saúde Pública do DF - Lacen.
  • Desde 2015, a variedade de exames ofertados cresceu cerca de 20%, totalizando 273 tipos diferentes
  • Reformados os blocos da unidade, com impacto direto na melhoria da qualidade de exames disponíveis
  • Melhorada a qualidade dos exames de HIV e hepatite, que passaram a detectar a carga viral do paciente, aprimorando o tratamento do usuário
  • Laboratório posicionado como referência em exames de detecção de leishmaniose, malária e doenças causadas por fungos
  • Outras ações:

  • Formalização de contratos para diagnóstico laboratorial de HIV e hepatites, o que traz mais segurança para a continuidade do serviço ofertado à população
  • Monitoramento de imunossupressores e anticonvulsivantes, implantação de novos diagnósticos, como sorologia para o vírus Mayaro, inédito no DF, e PCR, para febre amarela, que fornece resultados mais rápidos
Concluído Promovido o fortalecimento do Laboratório Central de Saúde Pública do DF - Lacen.

<ul>
    <li>Desde 2015, a variedade de exames ofertados cresceu cerca de 20%, totalizando 273 tipos diferentes</li>
    <li>Reformados os blocos da unidade, com impacto direto na melhoria da qualidade de exames disponíveis</li>
    <li>Melhorada a qualidade dos exames de HIV e hepatite, que passaram a detectar a carga viral do paciente, aprimorando o tratamento do usuário</li>
    <li>Laboratório posicionado como referência em exames de detecção de leishmaniose, malária e doenças causadas por fungos</li>

<p></p>Outras ações:
<p></p>
    <li>Formalização de contratos para diagnóstico laboratorial de HIV e hepatites, o que traz mais segurança para a continuidade do serviço ofertado à população</li>    
    <li>Monitoramento de imunossupressores e anticonvulsivantes, implantação de novos diagnósticos, como sorologia para o vírus Mayaro, inédito no DF, e PCR, para febre amarela, que fornece resultados mais rápidos</li>
</ol>
</ul>
Promovido o fortalecimento do Laboratório Central de Saúde Pública do DF - Lacen.

<ul>
    <li>Desde 2015, a variedade de exames ofertados cresceu cerca de 20%, totalizando 273 tipos diferentes</li>
    <li>Reformados os blocos da unidade, com impacto direto na melhoria da qualidade de exames disponíveis</li>
    <li>Melhorada a qualidade dos exames de HIV e hepatite, que passaram a detectar a carga viral do paciente, aprimorando o tratamento do usuário</li>
    <li>Laboratório posicionado como referência em exames de detecção de leishmaniose, malária e doenças causadas por fungos</li>

<p></p>Outras ações:
<p></p>
    <li>Formalização de contratos para diagnóstico laboratorial de HIV e hepatites, o que traz mais segurança para a continuidade do serviço ofertado à população</li>    
    <li>Monitoramento de imunossupressores e anticonvulsivantes, implantação de novos diagnósticos, como sorologia para o vírus Mayaro, inédito no DF, e PCR, para febre amarela, que fornece resultados mais rápidos</li>
</ol>
</ul>
Promovido o fortalecimento do Laboratório Central de Saúde Pública do DF - Lacen.

<ul>
    <li>Desde 2015, a variedade de exames ofertados cresceu cerca de 20%, totalizando 273 tipos diferentes</li>
    <li>Reformados os blocos da unidade, com impacto direto na melhoria da qualidade de exames disponíveis</li>
    <li>Melhorada a qualidade dos exames de HIV e hepatite, que passaram a detectar a carga viral do paciente, aprimorando o tratamento do usuário</li>
    <li>Laboratório posicionado como referência em exames de detecção de leishmaniose, malária e doenças causadas por fungos</li>

<p></p>Outras ações:
<p></p>
    <li>Formalização de contratos para diagnóstico laboratorial de HIV e hepatites, o que traz mais segurança para a continuidade do serviço ofertado à população</li>    
    <li>Monitoramento de imunossupressores e anticonvulsivantes, implantação de novos diagnósticos, como sorologia para o vírus Mayaro, inédito no DF, e PCR, para febre amarela, que fornece resultados mais rápidos</li>
</ol>
</ul>
Promovido o fortalecimento do Laboratório Central de Saúde Pública do DF - Lacen.

<ul>
    <li>Desde 2015, a variedade de exames ofertados cresceu cerca de 20%, totalizando 273 tipos diferentes</li>
    <li>Reformados os blocos da unidade, com impacto direto na melhoria da qualidade de exames disponíveis</li>
    <li>Melhorada a qualidade dos exames de HIV e hepatite, que passaram a detectar a carga viral do paciente, aprimorando o tratamento do usuário</li>
    <li>Laboratório posicionado como referência em exames de detecção de leishmaniose, malária e doenças causadas por fungos</li>

<p></p>Outras ações:
<p></p>
    <li>Formalização de contratos para diagnóstico laboratorial de HIV e hepatites, o que traz mais segurança para a continuidade do serviço ofertado à população</li>    
    <li>Monitoramento de imunossupressores e anticonvulsivantes, implantação de novos diagnósticos, como sorologia para o vírus Mayaro, inédito no DF, e PCR, para febre amarela, que fornece resultados mais rápidos</li>
</ol>
</ul>
SECRETARIA DE ESTADO DE SAUDE

KATHERINE DOS SANTOS BORGES

ouvidoria@saude.df.gov.br
 

 
 
 
SOBRE BRASÍLIA TRANSPARÊNCIA TURISMO
SOBRE O GOVERNO OUVIDORIA CARTA DE SERVIÇOS
CIDADÃO ACESSO À INFORMAÇÃO DÚVIDAS FREQUENTES
NEGÓCIOS COMUNICAR ERROS FALE COM O GOVERNO
SERVIDOR ACESSIBILIDADE  
GOVERNO DE BRASÍLIA

Todos os direitos Reservados ©
Palácio do Buriti, Praça do Buriti Brasília - DF
CEP 70075-900.
     
 
POTAL DE BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
VERSÃO 1.0