Transparência    Ouvidoria    Acesso à Informação    Diário Oficial    Portal do Governo de Brasília  
   
BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
 
 
 
 
 
 
INICIAL    DESTAQUES    TEMÁTICAS    PRIORIDADES    INICIATIVAS    POR ÓRGÃO   MAPA ESTRATÉGICO
Programa: BRASÍLIA SEM PRECONCEITO
 
Prioridade: Plano de educação e comunicação sobre ações discriminatórias e preconceituosas.
INICIATIVA STATUS ARQUIVOS
CONTATO
Implantado, pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher - DEAM, em agosto/2017, o Projeto Lidera, que objetiva ampliar o conhecimento da população do Distrito Federal sobre as questões de gênero e sobre as diferentes formas de prevenir a violência, por meio da capacitação de lideranças comunitárias com vistas à expansão da rede de enfrentamento, além de amparar mulheres vítimas de violência doméstica. Até junho de 2018 foram formadas 10 turmas, capacitando 434 participantes. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Lançado, em 26/10/2017, o projeto Construindo o Amanhã, que consiste na realização de visitas programadas de policiais das Delegacias da Criança e do Adolescente I e II (DCA I - Asa Norte e DCA II - Taguatinga Norte) em unidades de ensino, informando sobre as atividades das delegacias, sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA, entre outras questões. O projeto tem o objetivo de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes e colaborar na redução dos índices de cometimento e de reiteração de atos infracionais. O programa tem como público-alvo alunos, pais, professores, diretores e demais servidores de escolas públicas do DF. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Lançado pela Delegacia da Criança e do Adolescente II (Taguatinga Norte), em junho/2016, o projeto DCA2 nas Escolas. De caráter preventivo e educativo, o projeto consiste na apresentação e discussão de temas relacionados à prevenção ao uso de drogas, violência, bullying, entre outros, por meio da promoção de encontros em diversas escolas públicas e particulares de todo o DF. Concluído Lançado pela Delegacia da Criança e do Adolescente II (Taguatinga Norte), em junho/2016, o projeto DCA2 nas Escolas. De caráter preventivo e educativo, o projeto consiste na apresentação e discussão de temas relacionados à prevenção ao uso de drogas, violência, bullying, entre outros, por meio da promoção de encontros em diversas escolas públicas e particulares de todo o DF. POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Implantada, em 06/04/2016, a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência - Decrin. Localizada no Complexo da Polícia Civil, funciona em dias úteis das 12h às 19h. Promove ciclos de palestras sobre vulnerabilidades, com foco em pessoa idosa, em orientação sexual e identidade de gênero, dentre outros segmentos. (Decreto nº 37.069/2016 - link aqui) Concluído Implantada, em 06/04/2016, a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência - Decrin. Localizada no Complexo da Polícia Civil, funciona em dias úteis das 12h às 19h. Promove ciclos de palestras sobre vulnerabilidades, com foco em pessoa idosa, em orientação sexual e identidade de gênero, dentre outros segmentos. (Decreto nº 37.069/2016 - <a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/3a354d6003df4b5a9796728b97b6978c/Decreto_37069_21_01_2016.html">link aqui</a>) Implantada, em 06/04/2016, a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência - Decrin. Localizada no Complexo da Polícia Civil, funciona em dias úteis das 12h às 19h. Promove ciclos de palestras sobre vulnerabilidades, com foco em pessoa idosa, em orientação sexual e identidade de gênero, dentre outros segmentos. (Decreto nº 37.069/2016 - <a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/3a354d6003df4b5a9796728b97b6978c/Decreto_37069_21_01_2016.html">link aqui</a>) Implantada, em 06/04/2016, a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência - Decrin. Localizada no Complexo da Polícia Civil, funciona em dias úteis das 12h às 19h. Promove ciclos de palestras sobre vulnerabilidades, com foco em pessoa idosa, em orientação sexual e identidade de gênero, dentre outros segmentos. (Decreto nº 37.069/2016 - <a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/3a354d6003df4b5a9796728b97b6978c/Decreto_37069_21_01_2016.html">link aqui</a>) POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Implantada a campanha nas delegacias para atendimento ao usuário que optou pelo nome social, em atenção ao que dispõe o Decreto nº 37.982/2017 (link aqui), e a afixação de cartaz com a mensagem: Aqui se respeita o nome social e a identidade de gênero das pessoas trans. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Criado, em 2015, o Escritório de Gênero da Polícia Militar do Distrito Federal, por meio da Portaria PMDF nº 959, de 05/05/2015. A Unidade é responsável pela adoção dos procedimentos adotados quando da ocorrência de delitos praticados em razão de discriminação de natureza étnico-racial, conforme estabelecido na Portaria PMDF nº 972, de 07/07/2017. Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Normatizado, no âmbito da PMDF, os procedimentos a serem adotados quando da ocorrência de delitos praticados em razão de discriminação de natureza étnico-racial, por meio da Portaria PMDF nº 972/2017. Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Instituída a Política Cultural de Ações Afirmativas no âmbito da gestão cultural do DF, por meio da Portaria nº 287, de 05/10/2017 (link aqui). Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO DISTRITO FEDERAL

JULIANA CRISTINA OTONI BORGES

ouvidoria@cultura.df.gov.br
Lançada, em 2015, a campanha contra intolerância religiosa no Distrito Federal, sob o nome Diversidade, eu respeito, composta de imagens, frases e vídeos veiculados nas redes sociais. Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO DISTRITO FEDERAL

JULIANA CRISTINA OTONI BORGES

ouvidoria@cultura.df.gov.br
Criado, em 2017, o Comitê Intersetorial de Promoção dos Direitos e da Cidadania da População LGBT, por meio do Decreto nº 38.025/2017 (link aqui). Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Criado, em 2016, o Comitê Distrital de Diversidade Religiosa do DF, por meio do Decreto nº 37.056/2016 (link aqui). Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Implantado, em 2017, o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans - travestis, transexuais e transgêneros - no âmbito da administração pública direta e indireta do Distrito Federal - Decreto nº 37.982/2017 (link aqui). Concluído  Implantado, em 2017, o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans - travestis, transexuais e transgêneros - no âmbito da administração pública direta e indireta do Distrito Federal - Decreto nº 37.982/2017 (<a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/5346cac4208b48159dbea271a652326d/Decreto_37982_30_01_2017.html">link aqui</a>).  Implantado, em 2017, o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans - travestis, transexuais e transgêneros - no âmbito da administração pública direta e indireta do Distrito Federal - Decreto nº 37.982/2017 (<a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/5346cac4208b48159dbea271a652326d/Decreto_37982_30_01_2017.html">link aqui</a>).  Implantado, em 2017, o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans - travestis, transexuais e transgêneros - no âmbito da administração pública direta e indireta do Distrito Federal - Decreto nº 37.982/2017 (<a href="http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/5346cac4208b48159dbea271a652326d/Decreto_37982_30_01_2017.html">link aqui</a>). SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Realizada, em 2017, a criação, a composição, a estruturação e o funcionamento do Conselho Distrital de Promoção dos Diretos Humanos e Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, por meio do Decreto nº 38.292/2017 (link aqui). Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Realizada formação de 250 agentes da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência - Decrim sobre as especificidades da população LGBT. Concluído SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

FLÁVIA RODRIGUES GUIMARÃES

ouvidoria@sedestmidh.df.gov.br
Realizado o projeto Asas, na Penitenciária Feminina do Distrito Federal - 14 edições em 2015/2016, que atendeu cerca de 300 mulheres. O projeto ofertou, a cada mês, uma programação diversificada, que buscou despertar os talentos das mulheres lá presentes. Sarau musicado, cineclube, workshop de dança de salão, teatro para mães e bebês, batalha de poesia, workshop de dança de rua, contação de histórias e exposição de fotografias ofereceram variados estímulos à criatividade das internas. Concluído Realizado o projeto Asas, na Penitenciária Feminina do Distrito Federal - 14 edições em 2015/2016, que atendeu cerca de 300 mulheres. O projeto ofertou, a cada mês, uma programação diversificada, que buscou despertar os talentos das mulheres lá presentes. Sarau musicado, cineclube, workshop de dança de salão, teatro para mães e bebês, batalha de poesia, workshop de dança de rua, contação de histórias e exposição de fotografias ofereceram variados estímulos à criatividade das internas. Realizado o projeto Asas, na Penitenciária Feminina do Distrito Federal - 14 edições em 2015/2016, que atendeu cerca de 300 mulheres. O projeto ofertou, a cada mês, uma programação diversificada, que buscou despertar os talentos das mulheres lá presentes. Sarau musicado, cineclube, workshop de dança de salão, teatro para mães e bebês, batalha de poesia, workshop de dança de rua, contação de histórias e exposição de fotografias ofereceram variados estímulos à criatividade das internas. SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO DISTRITO FEDERAL

JULIANA CRISTINA OTONI BORGES

ouvidoria@cultura.df.gov.br
 

 
 
 
SOBRE BRASÍLIA TRANSPARÊNCIA TURISMO
SOBRE O GOVERNO OUVIDORIA CARTA DE SERVIÇOS
CIDADÃO ACESSO À INFORMAÇÃO DÚVIDAS FREQUENTES
NEGÓCIOS COMUNICAR ERROS FALE COM O GOVERNO
SERVIDOR ACESSIBILIDADE  
GOVERNO DE BRASÍLIA

Todos os direitos Reservados ©
Palácio do Buriti, Praça do Buriti Brasília - DF
CEP 70075-900.
     
 
POTAL DE BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
VERSÃO 1.0