Transparência    Ouvidoria    Acesso à Informação    Diário Oficial    Portal do Governo de Brasília  
   
BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
 
 
 
 
 
 
INICIAL    DESTAQUES    TEMÁTICAS    PRIORIDADES    INICIATIVAS    POR ÓRGÃO   MAPA ESTRATÉGICO
Programa: PLANO DE ADEQUAÇÃO DE EFETIVO E CARREIRA DAS POLÍCIAS, BOMBEIROS, DEFESA CIVIL E DETRAN
 
Prioridade: Plano de formação por competências e atividades complementares.
INICIATIVA STATUS ARQUIVOS
CONTATO
Realizada a capacitação de policiais civis no Curso de Repreensão ao Tráfico de Drogas, para atuação na Coordenação de Repressão às Drogas - CORD e nas Seções de Repressão às Drogas - SRD das unidades circunscricionais. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Realizados, em 2017, os processos seletivos para o curso de formação de oficiais e para o curso de habilitação para oficiais administrativos e especialistas. Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Reformulado o currículo do curso de formação de oficiais, adotando-se como critérios o perfil psicológico, bem como conhecimento, habilidades e atitudes inerentes aos comandantes policiais militares. Ações similares foram iniciadas com vistas à grade curricular do curso de formação de praças. Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Realizada a formação de policiais militares em programas de:
  • Pós-Graduação stricto sensu em Ciência Política, com concentração na área de Direitos Humanos, Cidadania e Violência; e
  • Pós-Graduação stricto sensu em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações.
Os referidos programas possibilitam a realização de pesquisas acadêmicas sobre prevenção criminal, a melhoria da qualidade de ensino e de pesquisa na PMDF, vez que os policiais graduados somam esforços com doutores e alunos de doutorado, regularmente inscritos em diversos programas de pós-graduação stricto sensu recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes, fundação do Ministério da Educação - MEC.
Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Realizados workshops e oficinas sobre perfis criminais, objetivando o aprimoramento das ações do policiamento ostensivo, por meio da melhor compreensão das ações criminosas e técnicas na condução das negociações, buscando garantir, dentro do possível, a integridade física dos envolvidos. As oficinas de perfis criminais capacitaram 49 policiais, entre eles novos negociadores da PMDF. Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Criado, em 2016, o Gabinete de Gestão de Ensino à Distância da PMDF, responsável pela aceleração da capacitação e o aperfeiçoamento de aproximadamente 4.000 policiais, aprimorando a capacidade técnico-profissional do efetivo pessoal militar, o atendimento das ocorrências policiais e a produtividade policial, além de inspirar maior confiança da população na instituição. (Portarias PMDF nº 1012, de 26/12/2016, e nº 1052, de 25/07/2017) Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Ofertadas, semestralmente, vagas para o Curso de Tecnólogo em Segurança Pública pelo Instituto Superior de Ciências Policiais. Realizada 1ª Colação de Grau dos formandos, em 27/06/2017, após reconhecimento pelo Ministério da Educação - MEC. Frequentaram o curso:
  • Em 2015, 81 alunos
  • Em 2016, 77 alunos
  • Em 2017, 42 alunos
  • 44 alunos foram matriculados, em 2018
Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Realizado, pelo Instituto Superior de Ciências Policiais (link aqui), os cursos de:
  • Pós-graduação em Docência do Ensino Superior, com 16 alunos formados em 2015
  • Pós-Graduação em Gestão Estratégica da Segurança Pública com:
    • 66 alunos formados em 2015
    • 161 alunos formados em 2016
  • Policiamento Ambiental, com 24 alunos formados em 2017
  • Aperfeiçoamento de Oficiais com:
    • 42 alunos formados em 2015
    • 104 alunos formados em 2017
Concluído POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

MAJ QOPM MARCELO MACIEL DA SILVA

ouvidoriapmdf@gmail.com
Revisados os currículos acadêmicos dos cursos de formação de praça e oficial do CBMDF, com vistas a implementar a formação por competências específicas. Concluído CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

Ten-Cel. QOBM/Comb. PAULO CÉSAR DA SILVA JÚNIOR

ouvidoria.secretaria@cbm.df.gov.br;
Implementado o Ensino a Distância do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal - EaD/CBMDF sobre nova base de ensino (link aqui), com a disponibilização de diversos cursos (link aqui). Foram capacitados 1.152 bombeiros militares e civis em cursos que possuem módulos na plataforma EAD, sendo:
  • 158 militares e civis no Curso de Métodos e Técnicas de Ensino - CMTE
  • 994 militares do CBMDF no Curso de Autos Estudos para Praças - CAEP, dos quais 83 militares encontram-se em formação
Concluído CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

Ten-Cel. QOBM/Comb. PAULO CÉSAR DA SILVA JÚNIOR

ouvidoria.secretaria@cbm.df.gov.br;
Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
  • El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos
  • República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos
  • Nicarágua - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos
  • Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar
  • Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal
  • Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências
  • Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências
Concluído Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

Capacitados 405 servidores do CBMDF e civis, por meio de intercâmbios nacionais e internacionais, em cursos de Sistema de Comando de Incidentes - SCI:
<ul>
    <li>El Salvador - 2015. Atendimento em operações que envolvem procedimentos específicos em emergências de acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>República Dominicana - 2015/2016. Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e emergências e acidentes automobilísticos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Nicarágua - 2015/2016.  Atendimento em operações que envolvem desabamento de edificações e vazamentos de produtos químicos</li>
</ul>
<ul>
    <li>Guatemala - 2016. Atendimento em operações que envolvem salvamento em altura e técnicas específicas em ensino bombeiro militar</li>
</ul>
<ul>
    <li>Colômbia - 2016. Atendimento em operações que envolvem emergências de combate a incêndio florestal</li>
</ul>
<ul>
    <li>Panamá - 2016. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>
<ul> 
    <li>Honduras - 2017. Diagnóstico situacional dos órgãos responsáveis pelos atendimentos às emergências</li>
</ul>

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

Ten-Cel. QOBM/Comb. PAULO CÉSAR DA SILVA JÚNIOR

ouvidoria.secretaria@cbm.df.gov.br;
Implementado o Plano Anual de Formação Policial pela Academia de Polícia Civil - APC da Polícia Civil do Distrito Federal - PCDF, com foco no desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes que contribuam efetivamente no andamento dos processos investigativos e demais funções de polícia judiciária da PCDF. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Realizada, em 2015, a capacitação de policiais civis em Investigação de Homicídios e Tráfico de Drogas. O curso foi oferecido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP do Ministério da Justiça e ministrado nas instalações da Escola de Governo do Distrito Federal. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Implantado, em maio/2017, o projeto APC vai até você, que consiste no aperfeiçoamento e reciclagem dos policiais civis no uso de arma de fogo e defesa pessoal, capacitando 107 servidores da PCDF em técnicas de imobilização pessoal e 131 em técnicas operacionais da ação policial. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Criado, em janeiro/2017, protocolo para cumprimento de mandados judiciais com vistas a padronizar o procedimento e capacitar os policias no cumprimento de mandados de busca e apreensão, dentre outros, inclusive em operações integradas, buscando maior segurança dos envolvidos e efetividade das ações policiais. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Promovido workshop sobre a integração na repressão especializada aos crimes patrimoniais, em 11/11/2017. Ministradas palestras sobre técnicas de gestão em investigações, com ênfase na importância da integração de diversos setores, objetivando coibir crimes contra o patrimônio. O evento contou com a participação de representantes da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do DF, do Poder Judiciário e do Ministério Público, policiais, profissionais liberais e jornalistas. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Promovido o 1º Simpósio de Segurança Operacional da Divisão de Operações Aéreas da PCDF, em 31/05/2017, que tratou sobre temas relacionados à segurança de voo e seus efeitos na execução das atividades operacionais de segurança pública. O evento contou com a participação de 130 pessoas, dentre as quais, profissionais de diversos órgãos que atuam na aviação de segurança pública. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Capacitados 36 policiais civis para operação de drones no contexto de segurança pública (investigação e perícia criminal), em novembro/2017. A tecnologia contribui com a investigação, coleta de provas e aperfeiçoamento do trabalho pericial realizado pela Polícia Civil do Distrito Federal - PCDF. Além das análises internas, os drones são utilizados para realizar perícias externas em cinco áreas:
  • Crimes contra a vida, como homicídios e latrocínios
  • Crimes contra o patrimônio
  • Delitos de trânsito
  • Incêndios e explosões
  • Engenharia legal e meio ambiente
Em delitos de trânsito, por exemplo, o drone consegue revelar marcas de frenagem que muitas vezes não conseguiriam ser notadas pelo perito que está no solo, pois detalhes vistos de cima contribuem bastante na reconstrução da cena do crime e também na identificação dos autores.
Concluído Capacitados 36 policiais civis para operação de drones no contexto de segurança pública (investigação e perícia criminal), em novembro/2017.

A tecnologia contribui com a investigação, coleta de provas e aperfeiçoamento do trabalho pericial realizado pela Polícia Civil do Distrito Federal - PCDF.

Além das análises internas, os drones são utilizados para realizar perícias externas em cinco áreas:
<ul>
    <li>Crimes contra a vida, como homicídios e latrocínios</li>
    <li>Crimes contra o patrimônio</li>
    <li>Delitos de trânsito</li>
    <li>Incêndios e explosões</li>
    <li>Engenharia legal e meio ambiente</li>
</ul>

Em delitos de trânsito, por exemplo, o drone consegue revelar marcas de frenagem que muitas vezes não conseguiriam ser notadas pelo perito que está no solo, pois detalhes vistos de cima contribuem bastante na reconstrução da cena do crime e também na identificação dos autores. Capacitados 36 policiais civis para operação de drones no contexto de segurança pública (investigação e perícia criminal), em novembro/2017.

A tecnologia contribui com a investigação, coleta de provas e aperfeiçoamento do trabalho pericial realizado pela Polícia Civil do Distrito Federal - PCDF.

Além das análises internas, os drones são utilizados para realizar perícias externas em cinco áreas:
<ul>
    <li>Crimes contra a vida, como homicídios e latrocínios</li>
    <li>Crimes contra o patrimônio</li>
    <li>Delitos de trânsito</li>
    <li>Incêndios e explosões</li>
    <li>Engenharia legal e meio ambiente</li>
</ul>

Em delitos de trânsito, por exemplo, o drone consegue revelar marcas de frenagem que muitas vezes não conseguiriam ser notadas pelo perito que está no solo, pois detalhes vistos de cima contribuem bastante na reconstrução da cena do crime e também na identificação dos autores. POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Promovido o primeiro Seminário de Inteligência Policial Judiciária, nos dias 8 e 10 de novembro/2017, que tratou de temas relacionados a desafios e estratégias de atuação da inteligência policial judiciária, em âmbito nacional. O seminário contou com a participação de 250 pessoas e promoveu a integração entre diversas instituições, tais como Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do DF, Departamento de Polícia Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública, Polícia Civil - GO e Polícia Civil - PR, dentre outras. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Promovida, nos dias 3 e 7 de abril de 2017, a Jornada em Perícias Médico-legais (link aqui), com a realização de diversas palestras sobre temas como:
  • Correlação entre drogas e homicídio
  • A importância epidemiológica da declaração de óbito e dos serviços de verificação de óbito - SVO
  • Perícias médicas em arquivos digitais
  • Genética forense
  • Antropologia forense
  • IML e acidentes de massa
  • Violência sexual contra criança
  • Feminicídio e violência contra mulher
  • Psicopatologia forense
  • A abordagem suicídio X homicídio
Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
Promovido pela Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente e Ordem Urbanística - Dema, em 01/06/2016, o 1º Seminário Meio Ambiente e Ordem Urbanística sob a Ótica Policial, no auditório do DPE/PCDF (link aqui). O evento marcou o lançamento da cartilha Estímulo à Proteção Animal e do Protocolo de Atendimento Policial ao Crimes Ambientais, de parcelamento irregular do solo para fins urbanos e de invasão de área pública, ambos elaborados pela Dema, e contou com a participação do Instituto de Criminalística, do Ministério Público do DF e Territórios, Instituto Brasília Ambiental e Terracap. Concluído POLICIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Lúcia Antônia M. Bandeira

ouvidoria@pcdf.df.gov.br
 

 
 
 
SOBRE BRASÍLIA TRANSPARÊNCIA TURISMO
SOBRE O GOVERNO OUVIDORIA CARTA DE SERVIÇOS
CIDADÃO ACESSO À INFORMAÇÃO DÚVIDAS FREQUENTES
NEGÓCIOS COMUNICAR ERROS FALE COM O GOVERNO
SERVIDOR ACESSIBILIDADE  
GOVERNO DE BRASÍLIA

Todos os direitos Reservados ©
Palácio do Buriti, Praça do Buriti Brasília - DF
CEP 70075-900.
     
 
POTAL DE BALANÇO DAS PRIORIDADES DO GOVERNO DE BRASÍLIA
VERSÃO 1.0